top of page

POLVO À LAGAREIRO

PORTUGAL – Uma terra de Sabores.

.

POLVO À LAGAREIRO

Polvo à Lagareiro, uma variante do que já se fazia com o bacalhau à lagareiro e como dizem os portugueses... “por se banhar sem vergonha em boas litrosas de azeite”.




Sua origem é difusa, reza a lenda que esta receita teve a sua origem nas Beiras, onde era hábito prepará-lo nos fornos dos 'lagares' em outubro (Portugal), altura em que se mói a azeitona e se produz o azeite. Também o Bacalhau à Lagareiro deve o nome a esta prática, sendo possível que a utilização do polvo tenha sido uma variação desta receita.

.

Neste prato, o polvo nada num mar de azeite, acompanhado com batatas a murro. O nome deve-se precisamente à quantidade de azeite que leva, já que é no “lagar” que ele se produz.

.

O polvo à lagareiro é uma das formas como os Portugueses mais gostam de comer polvo. Bem regado com azeite, temperado com muito alho e acompanhado de batatinhas assadas, “não há quem lhe resista” – Chef Edi Marques.

.

Receita Polvo à Lagareiro

Categoria: Prato Típico Português

Tempo de Preparo: 20 minutos

Tempo Total de Cozimento: 45 minutos

Rendimento: 6 porções

 

Ingredientes

·         1,2 kg polvo;

·         400ml de azeite extra virgem;

·         4 dentes de alho;

·         800g batatas com casca;

·         2 cebolas;

·         4 folhas de louro;

·         1 ramo de coentros;

·         Sal grosso q.b.

·         Azeitonas q.b.

 

Método

·           Passo 1 – Mise en Place

Limpe o polvo em água corrente. Faça este prato somente com os tentáculos;

 

·           Passo 2

Numa panela normal (e não numa panela de pressão), coloque o polvo, tape e depois da fervura levantar deixe cozer durante 20 minutos, não deixe mais tempo pois poderá ficar mais “firme”. Não coloque sal, o polvo esteve no mar salgado a vida toda, não precisa ser salgado, é preferível colocar sal se achar necessário ao final.

 

·           Passo 3

Após retire o polvo, escorra e deixe arrefecer um pouco antes de, com uma faca, separar os tentáculos e a cabeça, caso tenha escolhido o polvo inteiro.

 

·           Passo 4

Durante a cozedura do polvo, com as batatas bem lavadas, coza-as durante cerca de 20 minutos em outra panela, tempere-as com sal grosso, coloque pelo menos 3 colheres de sopa. Após cozidas, escorra as batatas e espalhe num tabuleiro de preferência de barro ou então um qualquer que possa ir ao forno, em seguida com a mão ou uma colher, pressione ligeiramente as batatas para que abram. A tradição requer que seja com os punhos, como se tivesse aplicando um “murro” daí o nome;

 

·           Passo 5

Depois de ter dado “o murro nas batatas”, regue com azeite e espalhe um pouco de alho picado e as folhas de louro em seguida envolva as batatas para que absorvam um pouco de azeite;

 

·           Passo 6

No centro do tabuleiro coloque o polvo e espalhe o restante dos alhos. Por fim, regue o polvo com o azeite;

 

·           Passo 7

Leve ao forno pré-aquecido nos 180°C e deixe assar durante 20 minutos;

 

·           Passo 8

Por fim, polvilhe com os coentros picados e sirva de imediato.

.

.

.

QUER SABER MAIS?

.

ACESSE A LOJA DE LIVROS E ADQUIRA JÁ SUA VERSÃO!

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page